Policiais militares passam a ter voz na Câmara Legislativa do DF

Publicado por Hermeto em

Com representação de Hermeto na CLDF, militares voltam a pleitear melhorias para a corporação

Sem um representante na Câmara Legislativa do Distrito Federal há anos, a PMDF voltou a criar expectativas com a eleição do deputado Hermeto.

Subtenente da policial militar da reserva, Hermeto foi eleito e desde então tem sido o principal articulador em prol dos policiais na CLDF, GDF e governo federal. Como principais promessas de campanha para a corporação, tem na pauta a contratação de mais militares, melhores condições de trabalho, reajuste dos salários, entre outros pleitos.

Durante o ato de filiação do parlamentar no MDB, ocorrido na segunda-feira (25), Hermeto fez um apelo ao governador e pediu que Ibaneis fortalecesse a PM.

Iniciando as articulações em busca de melhorias para a categoria, o parlamentar focou sua agenda de compromissos para temas relacionados a PM. Na na terça-feira (26) se reuniu com o governador Ibaneis, membros do GDF e representantes do Fórum das Entidades Representativas de Classe da PMDF e do CBMDF. Na quarta-feira (27), fez uma visita ao subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil da Presidência da República, major da PMDF Jorge Oliveira, em busca de alternativas que beneficiem a categoria.

Cheguei na Câmara Legislativa amadurecido e preparado. O poder não me encanta. Sei que estou parlamentar e que sou policial e digo mais, sei de onde vim e para onde vou. Busco a cada dia não cometer os erros que outros representantes da categoria cometeram no passado”, afirmou o parlamentar.

A confirmação do governador de que cumprirá as promessas feitas para os militares durante a campanha é um dos motivos que fazem Hermeto voltar ao partido da base do governo.

A pedido do deputado, Ibaneis marcou para o dia 12 de março reunião com autoridades do GDF para que representantes da PMDF possam apresentar uma proposta formal da categoria para o governo. A expectativa é de que as negociações avancem em prol dos militares.

Categorias: Notícias

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *