Deputado Hermeto fiscaliza atendimento dos policiais militares no hospital Maria Auxiliadora

Parlamentar luta por melhores atendimentos em hospitais e prioridade de imunização para agentes de segurança pública

Na manhã desta quarta feira o deputado distrital Hermeto (MDB) visitou o hospital Maria Auxiliadora. O hospital hoje, é o único que atende os policiais militares e seus familiares infectados com o coronavírus em todo Distrito Federal.

O hospital fica no Gama e vem sendo alvo de muitas reclamações dos policiais que alegam dificuldades em só conseguir atendimento neste local, por conta da distância que ele representa para alguns. Moradores de Brazlândia e Sobradinho por exemplo tem que fazer uma viagem em busca de atendimento médico.

Na terça feira (23), Hermeto entrou em contato com o comandante geral da PM Julian Pontes e sugeriu que um médico policial acompanhasse os trabalhos no hospital com o objetivo de melhor assistir os companheiros e seus familiares internados por conta do vírus.

Nas últimas semanas tem acontecido uma onda de mortes entre os policiais militares em decorrência da Covid-19, a maioria deles internados no Hospital Maria Auxiliadora. São muitos policiais infectados, alguns internados e só na última semana mais de 10 faleceram.

Recentemente o subtenente Wesley, que faleceu em decorrência da Covid-19, gravou um áudio quando estava internado em que ele dizia que o tratamento não estava sendo a altura do que ele esperava, à época Hermeto solicitou ao comando geral que enviasse um médico de plantão para averiguar a situação, hoje Hermeto fiscalizou pessoalmente as instalações do Maria Auxiliadora.

Durante a visita constatou-se que no Hospital Maria Auxiliadora foram concentrados os atendimentos aos policiais militares com suspeita de infecção, só em março mais de três mil foram atendidos. Dos 231 leitos disponíveis para Covid-19, seis estão vagos. E se caso se esgotassem esses, mais doze estão preparados para emergência.

“Continuarei fiscalizando de todas as formas possíveis para que os nossos policiais recebam o devido tratamento. E entendo também que a prioridade agora é vacinar o quanto antes todos os agentes de segurança, principalmente os que trabalham na linha de frente do policiamento e que arriscam suas vidas diariamente para manter a ordem, garantir a segurança e garantir inclusive a entrega das vacinas!” Concluiu Hermeto.

Além de fiscalizar, Hermeto vem realizando ações na Câmara Legislativa afim de colaborar com a saúde dos agentes de segurança, sugeriu à Secretaria de Saúde, através de uma Indicação, atenção especial e celeridade na vacinação contra a Covid-19 aos integrantes da policia militar e do corpo de bombeiros militar, o documento foi enviado no dia 2 de março deste ano, e ontem esteve pessoalmente com o governador Ibaneis, que anunciou publicamente que os militares serão vacinados a partir do próximo lote de vacinas que chegar ao DF.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui