Deputado Hermeto é eleito relator da CPI dos Atos Antidemocráticos da CLDF

A CPI terá como objeto inicial a tentativa de invasão de prédio da Polícia Federal e a invasão e depredação do Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal (STF)

Na tarde desta terça-feira (17) foram eleitos o relator e o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Atos Antidemocráticos instaurada na Câmara Legislativa do Distrito Federal. O deputado distrital Hermeto (MDB) foi eleito para ser o relator da CPI, a presidência ficou para o deputado Chico Vigilante (PT) e vice-presidência para Jaqueline Silva (sem partido).

O relator é o protagonista da fase de proposição e tem como dever apresentar um parecer sobre os Atos Antidemocráticos. Isso é, ele deve sugerir qual decisão tomar. Esse parecer será votado pela comissão, após ser apresentado e discutido. Ou seja, a função do relator envolve realizar uma pesquisa completa sobre o tema, para então apresentar essas informações de modo a justificar o seu parecer – que será votado.

“Essa CPI vai nos dar a oportunidade de esclarecer melhor os atos antidemocráticos que ocorreram no dia 8 de janeiro e permitir que as responsabilidades sejam devidamente divididas”, concluiu Hermeto.

Em princípio, a Comissão terá como objeto os atos realizados em Brasília nos dias 12 de dezembro, quando houve tentativa de invasão de prédio da Polícia Federal, e no domingo, oito de janeiro, que culminaram com a invasão e depredação de prédios públicos do Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal (STF).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui